15/05/2010

Aqui estão simples palavras
Que entrelaçadas ao vento,
Tomam rumo desgovernado,
Atingindo diferentes sentimentos.

Longe vão até atingir um ponto.
Procurando no verbo o advérbio
Que se escore na vírgula do contraponto.

Predicado não tolerado,
Gerúndio aborrecido.
Mal utilizados,
Lamentam a ignorância dos esquecidos.

Talvez longe existam as respostas.
Num futuro do pretérito eqüidistante,
Ofuscado pelos ditongos das encostas.

Lá de tudo haverá.
O substantivo substituído,
O encaixe que na brecha cabia,
A solução da confusão da polissemia.

Mas se não tem o que fazer,
Case a crase com o seu saber.
Adjunte-se ao ignorante
E faça-o compreender.

Afinal, sua voz pode ser ativa.
E sendo ativa, a torne reflexiva,
Para envolver o prefixo da naturalidade
Dando mais ênfase a realidade.

(Djavan Antério)
Link Curto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!